No comments yet

UMA RESPOSTA À ANSIEDADE

“Lança o teu cuidado sobre o Senhor, e ele te susterá; nunca permitirá que o justo seja abalado.”  (Salmo 55.22)

“Deus me conceda serenidade para aceitar as coisas que não posso mudar, coragem para mudar as coisas que posso e sabedoria para saber a diferença.” Eu li esta oração e acho que deveria ser a que todos deveríamos fazer. Alguém disse certa vez: “A preocupação é o juro que se paga à tribulação antes de vencer”. Devemos lançar nossos cuidados sobre Jesus, lembrando que ele é  “o nosso socorro bem presente nas tribulações ” (Salmo 46.1).

A confiança é a resposta à ansiedade. Em primeiro lugar devemos lançar nossos cuidados sobre o Senhor. Este é um processo contínuo. Não devemos apenas levar nossos cuidados ao Senhor, mas devemos deixá-los com ele. A ansiedade desnecessária é contrária às leis da natureza.

Escute este verso que alguém escreveu:

Disse o João de Barro ao Pardal:
Eu gostaria mesmo de saber
Por que esses seres humanos ansiosos
Se apressam e se preocupam tanto.
Disse o Pardal ao João de Barro:
Amigo, eu penso que deve ser
Porque eles não têm um Pai celestial
Como o que cuida de você e de mim.

Jesus usou a atitude despreocupada dos pássaros para enfatizar o fato de que a preocupação não é natural. “Olhai para aves do Céu que nem semeiam, nem colhem, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta” (Mateus 6.26). Daí ele continuou com os lírios do campo.

Se Deus cuida dos pequeninos passarinhos e das flores do campo, por que não deveríamos contar com ele em todos os aspectos de nossa vida? A vida moderna sobrecarrega a fé dos cristãos, mas nenhum de nós deveria duvidar da capacidade de Deus para nos dar suficiente graça para nossas aflições, mesmo em meio as demandas do século XXI. O cristão não pode roer as unhas resmungando: “O que vou fazer agora?”, tendo mais tensão nervosa e preocupação do que os descrentes. O cristão deve confiar calmamente que o Senhor ainda está no trono. Ele é o Deus Soberano que cuida dos seus de acordo com o seu próprio plano.

Ore: Meu Deus e Pai, graças por teu cuidado constante. Dá-me uma confiança despreocupada como a de uma ave do céu. Ajuda-me a saber que o Senhor sempre estará presente para me abraçar, confortar e segurar quando a ansiedade quiser me desestabilizar. Lembra-me sempre que o Calvário é a prova do teu grande amor e cuidado por mim. Amém.

Itaniel  Silva
Pastor da IASD Central de Brasília.

Post a comment

You must be logged in to post a comment.