No comments yet

TRANSFORMAÇÃO

“Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para as boas obras, as quais Deus preparou para que andássemos nelas” (Efésios 2.10)

 

A natureza humana necessita de um novo nascimento, não apenas uma reforma. Fazemos promessas e determinações cada ano novo só para vê-las quebradas, porque não há em nós capacidade suficiente para cumpri-las. O homem está sempre reformando, mas reforma, no máximo é temporária. A natureza do homem pede transformação.

Um grupo de barbeiros decidiu exibir o valor de sua arte na convenção anual de barbeiros. Eles tomaram um mendigo da rua, deram-lhe um banho, fizeram sua barba, cortaram seu cabelo e o vestiram com uma bela roupa. Eles demonstraram para sua satisfação, o valor da excelência, mas três dias mais tarde o homem de aparência respeitável estava na sarjeta outra vez. Ele foi reformado na aparência exterior, mas os impulsos de sua vida interior continuaram os mesmos. Ele foi perfumado, mas não mudado.

Quando moramos em São Paulo, uma madrugada, alguém jogou em nosso quintal uma cachorrinha de pelo preto com poucos dias de nascimento. Nós a acolhemos, curamos suas feridas, recebeu os cuidados do veterinário, demos-lhe o nome de Pili. Pili era uma vira-lata, mas recebia ração e tratamento de um animal importante. Toda sexta-feira era levada a uma loja vizinha, tomava banho, aparavam seus pelos pretos e longos, higienizavam suas orelhas e dentes, amarravam fitas em seu pescoço e laços coloridos em sua cabeça. Chegava como uma rainha. Mas toda essa beleza durava apenas até o momento em que ela deixava o quintal para dar sua volta rotineira na rua. Quando voltava estava irreconhecível! Por que? Sua natureza nunca foi mudada. Ela ainda era uma vira-lata de rua.

A Bíblia ensina que por meio do novo nascimento, o homem entra num novo mundo. Há uma nova dimensão do viver.  A transformação que acontece no homem é expressa na Bíblia em vários contrastes: trevas e luz, pecado e santidade, morte e ressurreição. Um estranho agora passa a cidadão do reino de Deus. O homem que experimentou o novo nascimento é chamado um membro da família de Deus. O evangelho diz que sua vontade muda, seus objetivos são mudados, sua disposição muda, sua maneira de pensar muda, suas afeições mudam. Agora ele tem um propósito e um sentido na vida.

Essa obra não tem o nosso envolvimento. Não é por qualquer mérito de nossa parte e, portanto, não temos porque nos gloriar. Nem merecemos tal favor.

O próprio Deus é o autor dessa total e feliz mudança. Seu grande amor é a fonte e causa de tudo isso.

Nosso Deus e Pai, dou meu coração e minha vida a ti. Transforma-me, Pai, de um pedaço de carvão em um diamante. Muda-me de inútil para útil, de uma pessoa sem esperança para alguém cheio de esperança, de morto para vivo por Jesus. Que a tua luz brilhe em mim e de mim tua luz brilhe para outros. Em nome de Jesus Cristo. Amém.

Itaniel Silva
Pastor da IASD Central de Brasília

Post a comment

You must be logged in to post a comment.