No comments yet

TAREFA PLANEJADA POR DEUS

 Se alguém quiser acompanhar-me, negue-se a si mesmo,  tome diariamente a sua cruz e siga-me – Lucas 9.23

 

A declaração de Jesus “tome sua cruz” não tem sido bem compreendida nem bem aceita ao longo das gerações. Basta pedir para que deem uma definição da frase e você ouvirá respostas como: “Minha cruz é meu irmão mais novo, a matéria de física, minhas alergias, minha agenda, meu chefe, meu marido irritadiço, minha esposa mau humorada”. A cruz, assim entendemos, é qualquer tarefa ou coisas, ou pessoas que nos incomodam ou nos tragam preocupação. Achamos que Deus nos dá cruzes assim como um professor nos dá tarefa de casa. Ninguém quer assumir uma cruz. Mas cada um de nós ganha uma. Todo mundo tem uma cruz para carregar e é bom que nos acostumemos com essa ideia.

Falando sério. Você acha que Jesus reduz a ideia da cruz a preocupações menores, ou dores de cabeça? A cruz significa muito mais que isso. Ela é o símbolo universal da fé cristã. A eterna lembrança da salvação. O coração do evangelho. A cruz é a prova do amor de Deus por você e pelas pessoas do mundo inteiro. A cruz é a prova de que o propósito da vida de Jesus não era viver, mas dar a sua vida por nós.

Assim, assumir a cruz é assumir o propósito de Jesus para nós – dar a nossa vida também. Nossa cruz não é, portanto um chefe intolerante. É a renuncia do eu. É abrir mão do suposto direito de seguir nosso próprio caminho e fazer nossa própria vontade. Tomar a cruz é aceitar o propósito de Jesus para sua vida cada dia. É aceitar o chamado individual de Jesus para você. O plano que ele traçou para o seu viver. O dia em que descobrimos qual é a tarefa que Deus planejou para nós é um dia muito feliz. Tudo se encaixa. Esse chamado de Jesus se harmoniza com nossas paixões e vem de acordo com os nossos dons, talentos e capacidades.

Quer dispersar as nuvens negras do seu dia? Então abra mão de seguir planos humanos. Aceite o plano de Deus para sua vida. Tome sua cruz.

Enquanto você tenta fazer sua vontade fica difícil aceitar o plano de Deus. A partir do momento em que você “negar-se a si mesmo” o plano de Deus se tornará excitante e compensador. Um Deus. Um plano. Uma vida. Se a cruz é o símbolo do amor de Jesus por você, tome sua cruz como prova do seu amor por Jesus também. Você não vai se arrepender.

 

Itaniel Silva
Pastor da IASD Central de Brasília

Post a comment

You must be logged in to post a comment.